Novidade

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Vídeo mostra vigia atirando em cliente de banco


Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que um vigia atira contra um correntista em uma agência bancária do Bradesco em São Bernardo do Campo (Grande SP). Os disparos foram dados quando a vítima estava de costas. As imagens foram exibidas pelo telejornal "SPTV", da TV Globo. O crime ocorreu nesta segunda-feira. De acordo com os investigadores da Polícia Civil, Sandro Antônio Cordon, 33, era correntista do banco e já havia discutido com o segurança Jonatas Pereira Lima, 29, na semana passada. Hoje voltou a procurá-lo no primeiro andar da agência. Após uma discussão, o vigilante sacou sua arma e atirou contra Cordon, que tentou se esconder dos tiros atrás de uma recepcionista que estava perto. O correntista não estava armado. A discussão ocorreu por volta das 10h20, em uma agência do Bradesco da rua Marechal Deodoro, região central da cidade.
Na semana passada, a porta giratória da agência travou quando a vítima tentava entrar no banco e, na ocasião, Cordon ameaçou o vigia. Nesta segunda, de acordo com a versão de Lima, o correntista fez menção que sacaria uma arma. Um dos tiros atingiu a vítima na barriga e outros três, nas costas. O Bradesco divulgou nota afirmando que "lamenta profundamente a perda e presta total solidariedade aos familiares". Segundo a assessoria do banco, o vigia era um funcionário terceirizado da empresa de segurança Protege. Por meio de nota, a Protege informou que "está empenhada em auxiliar a polícia na apuração dos fatos" e que "todos os seus vigilantes são qualificados, selecionados e treinados, conforme estabelece a legislação específica da atividade de segurança privada". A reportagem ainda não localizou o advogado de Lima.
Informações da FOLHA DE SÃO PAULO.