Exclusivo!

O predador da Petrobrás

Sérgio Gabrielli (foto: Terra.com) Em apenas uma única obra da Petrobrás, o Comperj – Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, localiz...

Novidade

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

TCU vê rombo de 157 milhões no Senado

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) no Senado verificou a existência de um rombo de R$ 157 milhões por ano na folha de pagamento da casa, provocado por gastos indevidos. Segundo matéria do Congresso em Foco, há casos de pagamentos irregulares de salários acima do teto constitucional, de horas extras, de incorporações de funções comissionadas e outras verbas, além do descumprimento da jornada semanal. A auditoria serviu de base para oito ações judiciais do Ministério Público contra o Senado. Em uma das ações, a Justiça determinou que fosse vetado qualquer pagamento acima do teto do funcionalismo, atualmente de R$ 26,7 mil (salário dos ministros do STF). O TCU decidiu cumprir a decisão e cortar os salários dos funcionários. A mesma atitude vai ser tomada pela Câmara e pelo Poder Executivo.
Informações do Bahia Notícias.