Exclusivo!

Polícia Militar faz cerco a veículos irregulares

Sargento PM Cunha palestra no CEJDS (foto: Landisvalth Lima) O comandante do destacamento da Polícia Militar de Heliópolis, Sargento C...

Novidade

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Servidores do Estado revoltados com mudança no PLASERV

O projeto de lei, enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa da Bahia, que limita número de atendimentos de emergência dos servidores públicos que utilizam o Planserv ainda não foi votado, mas já provoca a indignação dos afetados pela medida. Em nota divulgada à imprensa nesta quinta-feira (18), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) considera que “o governo quer restringir o acesso dos servidores à assistência médica paga pelo próprio funcionalismo” e promete realizar manifestação para que a medida não seja votada. “Nós vamos fazer um protesto dentro da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (22), a partir das nove horas” afirmou ao Bahia Notícias o primeiro-coordenador do Sindicato, Rui Oliveira. Terça é a data marcada para a votação do PL pelos parlamentares. Rui afirma que já se reuniu com membros do Legislativo baiano e expôs a posição da entidade de classe. Entre os que ouviram o sindicalista estão o líder do governo Zé Neto (PT) e o comunista Álvaro Gomes. “Pretendemos conclamar também os trabalhadores de todos os setores que o Planserv atende para realizar manifestações”, assegura Rui.
     Agentes tomam conta da AL-BA
Cerca de mil Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias baianos participam do seminário realizado pela Câmara Federal para discutir a criação do piso salarial nacional e a regulamentação da categoria. O encontro, proposto pelos deputados federais Alice Portugal (PCdoB) e Amauri Teixeira (PT) é realizado na Assembleia Legislativa da Bahia e conta com a participação do relator do Projeto de Lei na Câmara, deputado Domingos Dutra (PT-MA), além do secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla.
Informações José Marques - do Bahia Notícias.