Exclusivo!

Juiz recebe 500 mil de salário. Direito ou privilégio?

Mirko Vincenzo Giannotte recebeu 503 mil em salários. Direito ou privilégio? A pressa em divulgar uma notícia pode levar um jornalista ...

Novidade

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Hage da CGU afirma que corrupto confia na impunidade

     O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage (foto), afirmou nesta quinta-feira (17) que o país precisa mudar as leis processuais para prender os corruptos. “Acabar com a impunidade no Brasil começa com a reforma das leis processuais, com a redução dos recursos, que hoje impedem que um corrupto seja posto na cadeia”, pontuou o ministro. Ele acrescentou que um acusado de corrupção nunca vai para a cadeia “porque é grande a quantidade de recursos que ele pode usar para impedir que a decisão transite em julgado”. “Além disso, o Supremo [Tribunal Federal] não permite que ele vá para a cadeia antes do trânsito em julgado. Então, o sujeito confia na impunidade”, protestou.
     Informações do Bahia Notícias.