Exclusivo!

Lula aposta no convencimento da mentira

Novidade

sábado, 16 de julho de 2011

Em Juazeiro casal é acusado de matar a filha

          Um casal foi preso, na noite desta sexta-feira (15), acusado de matar e esconder o corpo da filha, de aproximadamente 2 anos, em Juazeiro, no norte baiano. Os restos mortais foram encontrados no muro da antiga casa onde os pais residiam, no bairro do Codevasf. Célio Araújo Cruz, 32 anos, pai da criança, confessou o crime, que a polícia acredita ter acontecido há cerca de um ano. A PM descobriu o assassinato depois de ir à atual moradia dos acusados para apurar uma denúncia anônima de que uma mulher era mantida no local em cárcere privado. Suzy Pereira, 31, entretanto, relatou que estava ali por vontade própria. Os agentes começaram a desconfiar do comportamento da dupla e a conduziu até a delegacia, onde os genitores confessaram ter matado a menina e indicaram a localização do cadáver. No depoimento, Célio alegou estar desempregado, sem dinheiro para alimentar a família, e, por desespero, teria espancado a mulher e jogado a garota várias vezes no chão, o que teria provocado o óbito. Inicialmente, o corpo teria sido armazenado na gaveta de um guarda-roupa e depois enterrado no muro. Para justificar o desaparecimento, o casal dizia aos familiares que a filha estava com outros parentes. Célio e Suzy foram encaminhados ao Conjunto Penal de Juazeiro e estão à disposição da Justiça.
          Informações do Bahia Notícias e Correio 24 Horas.