Exclusivo!

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil (foto: Google) Ser Nordeste duas vezes não é fácil. Nossa região está localizada no Norde...

Novidade

domingo, 19 de junho de 2011

Vereador coloca casa à venda

        A história que o leitor lerá nestas linhas não é uma transação comercial. É o retrato nu e cru do processo político comum da cidade de Heliópolis. Veja: um vereador, certa feita, tomou uma grana emprestada a um grande comerciante. Parte da grana seria responsabilidade sua e a outra parte ficaria a cargo do seu candidato a prefeito. Se este último fosse eleito, pagaria tudo. O objetivo era garantir a eleição por meio da compra de votos. Como garantia, o comerciante exigiu o documento das respectivas propriedades rurais de cada um. Passado o período eleitoral, com a vitória de ambos, o comerciante foi em busca do seu, com os respectivos juros. O débito total girava em torno de 350 mil. A parte total do prefeito eleito na época foi paga com 43 garrotes de boa raça e uma parte em dinheiro. Só que a parte do vereador já beirava os 160 mil reais e, segundo ele, ficou para o então prefeito pagar. Como o correligionário se negou a assumir o débito, a fazenda do vereador corria perigo já que o comerciante ameaçava assumi-la. Aí o vereador começou a falar mal do prefeito e colocou a casa à venda para não perder sua roça. O final da história termina com o povo pagando a conta. Só para lembrar, os envolvidos são de um partido de esquerda, que sempre pregava o fim das negociatas políticas. E viva a democracia!
A Esquerda Bastarda
Está causando o maior zunzunzum o livro A Esquerda Bastarda, do professor Landisvalth. Alguns falam em processar o autor, outros falam até em ameaça de morte e tem até aqueles que não querem nem ouvir falar. O que eles ainda não sabem é que tudo não passa de pura ficção. Eles ainda não entenderam que o que há de absurdo é que a vida imita a arte, ou tenta imitá-la. Tem gente querendo ser personagem do livro, mas se esquece de que a vida é real e de viés.
Reunião de Pardais com Bem-te-vis
No último sábado, 18, houve uma reunião dos pardais do PT com os Bem-te-vis do PDT. Traduzindo, dos dois ex-prefeitos Aroaldo e Zé do Sertão. Gama Neves foi convidado, mas não compareceu porque soube que a reunião era para excluir Ana Dalva e Landisvalth do processo. Tudo porque querem usar a vereadora como peso de valor na hipótese de tirar o prefeito atual da possibilidade de reeleição para colocar como candidato o ex-prefeito Aroaldo. Como o professor Landisvalth descobriu a manobra antes do efeito, os Pardais estão irritados. Já que Gama Neves também caiu fora, resta aos Pardais manipular Zé do Sertão. Será que o último ex-prefeito vai cair nessa? Falam até que a chapa está pronta: Aroaldo na cabeça e Zé do Sertão na vice.
Novena na Serra dos Correias
Ana Dalva, Landisvalth, Gama Neves, Ronaldo, Zé de Miguel e cia estiveram no último sábado na Novena de São João, no povoado Serra dos Correias. Era o dia dedicado aos carreiros, homens que cortam o município e região com seus inconfundíveis carros-de-bois. Depois do evento religioso foram fazer uma visita ao ex-vereador Valmir Ambrósio e ao seu pai Raimundo Ambrósio.
Chapas para 2012
O início de Outubro é o limite para as conversações políticas em Heliópolis. Até lá tudo pode acontecer, mas já há um caminho indicativo de que teremos três ou quatro candidatos a prefeito em Heliópolis. Fala-se em Ana Dalva e Gama, Aroaldo e Zé do Sertão e o prefeito com alguém ainda a ser encontrado. Disso já é sabido que Ana Dalva não será vice, caso a candidatura de Gama se consolide na cabeça de chapa. Não será difícil encontrar um vice para o demista. Difícil vai ser convencer o eleitorado para a chapa Aroaldo e Zé do Sertão e driblar os problemas que Aroaldo Barbosa tem com a Justiça Eleitoral. Sua ficha não é nada limpa. Outra tarefa terrível vai ser encontrar um vice para o prefeito. O espaço está aberto. Quem vai querer?