Exclusivo!

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil (foto: Google) Ser Nordeste duas vezes não é fácil. Nossa região está localizada no Norde...

Novidade

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Da 8ª Série para o curso de Medicina

A estudante de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Isabel Tolentino (foto), de 16 anos, ingressou no curso por meio do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). O problema é que, até duas semanas, ela frequentava a faculdade e o ensino médio ao mesmo tempo. A universitária recorreu à Justiça para garantir seu ingresso na instituição de ensino superior e o desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Joenildo de Souza Chaves, permitiu que a garota continuasse os estudos apenas na UFMS. Segundo o desembargador, a limitação de idade para cursar a faculdade refere-se apenas à “capacidade intelectual da pessoa” e, segundo ele, os impedimentos deixariam de existir por Isabel ter provado os seus conhecimentos no Enem. “O ensino médio se preocupa em questões específicas, já o Enem é mais amplo. Tanto que só passei porque fiz um cursinho para o Enem”, disse a adolescente. Já como graduanda em medicina, Isabel enfrentou sua primeira prova. “Tirei dez”, disse, sorrindo, a futura médica. Informações do UOL e do Bahia Notícias.