Exclusivo!

Mais duas mortes trágicas em Heliópolis

Mariza Alves sofria de asma Adriano faleceu em acidente A cidade de Heliópolis tem vivido uma das maiores epidemias de mortes de...

Novidade

quinta-feira, 17 de março de 2011

Rádio proibida de falar de prefeito processado

O Juiz Eleitoral da cidade de Jaguarari, a 409 quilômetros de Salvador, proibiu a emissora de rádio local Liderança FM de “veicular, transmitir, divulgar e comentar andamento ou informações" sobre a ação na Justiça de impugnação do mandato do prefeito Antônio Ferreira do Nascimento (PT). De acordo com a reportagem da Folha de São Paulo, a decisão tomada pelo juiz Adrianno Espíndola Sandes na última quinta-feira (17) prevê crime de desobediência, podendo os responsáveis ficarem de 15 dias a seis meses detidos. O radialista da Liderança FM, Everton Rocha, criticou a determinação do juiz. "Eu me sinto amordaçado. A imprensa tem uma dificuldade muito grande de trabalhar no interior porque a política é muito forte e influente", afirmou. O radialista disse ter se reunido com o juiz para questionar a determinação e ouviu, como justificativa, o fato de que o processo tramita em segredo de Justiça. Informações da Folha de São Paulo.